Como melhorar a vida do alérgico em casa

Como melhorar a vida do alérgico em casaEm casa, a principal forma de evitar alergias é impedir que os aeroalérgenos sejam inalados pelas pessoas. Para isso, duas medidas são fundamentais: tratar o ar (via de transmissão) e combater as fontes (focos de contaminação).

Principais alérgenos presentes no ar:

  • Alérgenos de ácaros
    Os ácaros “domésticos” encontram-se principalmente em colchões e sofás, sendo que os fungos e os fragmentos de pele humana são as suas principais fontes de alimento. Os alérgenos são encontrados nos esqueletos e, principalmente, nas bolotas fecais dos ácaros. Por serem muito leves, estes alérgenos são lançados ao ar após pequenas movimentações no ambiente.
  • Mofo
    Mofos são tipos de fungos que libertam no ar as suas estruturas reprodutivas, invisíveis a olho nu, chamadas esporos. Estes, quando inalados, podem ser responsáveis por desencadear reacções alérgicas e, em alguns casos, infecções.
  • Alérgenos de animais de estimação
    As substâncias que causam alergia encontram-se, principalmente, nas glândulas sebáceas, pele e saliva dos animais. São proteínas, de tamanho microscópico, que podem permanecer no ar por horas e até dias. Além disso, são facilmente transportadas entre os ambientes, podendo ser encontradas até mesmo em locais em que não existem animais.
  • Alérgenos de pólen
    O pólen pode causar uma forma de rinite alérgica denominada sazonal, isto porque ocorre em determinada época do ano. Neste caso, ocorre na Primavera, época em que a maioria das plantas florescem. O pólen é extremamente leve, dispersando-se através do ar.

Alguns conselhos importantes:

1- Ao lavar as roupas de cama, procure fazê-lo com água bem quente (acima de 55ºC), a cada 7 dias, a fim de eliminar os ácaros.

Continuar a Ler...

Compartilhar Artigo

Como melhorar a vida do alérgico em casa