Dieta para ganhar massa muscular

Ganhar massa muscular é um objetivo de muitas pessoas, que assim querem aproximar-se do seu peso ideal e melhorar a sua figura corporal. Para o conseguir tem de aliar duas vertentes: uma dieta rica em proteínas e o trabalho de musculação. Uma sem a outra não funcionam.

Conheça de seguida como aumentar a sua massa muscular, e ainda, os alimentos que deve integrar na sua alimentação diária para o conseguir. Aliando atividade física adequada a uma dieta para ganhar massa muscular, conseguirá ter o corpo com que sempre desejou. Confira.

Dieta para ganhar massa muscular

Como ganhar massa muscular

Tópicos

Continuar a Ler...

As proteínas são os nutrientes responsáveis pela construção do corpo humano. Cada nutriente tem a sua função, e as proteínas são os “tijolos” com que a massa muscular é construída.

Assim, se pretende ganhar massa muscular, é essencial uma dieta rica nestes nutrientes. Mas, para que o organismo humano construa mais massa muscular, ele tem de ser estimulado.

Não vale de nada ingerir mais proteínas que depois o corpo não vai usar. Assim, além de adicionar mais proteína na sua alimentação, deve também fazer um programa de exercícios anaeróbios, que promovam o rompimento das fibras musculares, obrigando assim a que o organismo construa mais.

Alimentação para Ganhar Massa Muscular

Como referimos atrás, os alimentos que o vão ajudar a ganhar massa muscular são aqueles ricos em proteínas, como carnes, lacticínios, ovos, soja, feijão, entre outros.

No entanto, é essencial escolher fontes de proteínas magras e de alto valor biológico. Assim, os melhores alimentos que devem integrar uma dieta para ganhar massa muscular são o salmão, o ovo, a carne de frango ou de peru, e soja.

Esta última, depois de retirada uma substância prejudicial da sua casca, é uma das melhores fontes de proteínas, permitindo assim até que vegetarianos possam ter uma dieta para ganhar massa muscular.

É bom também relembrar que qualquer dieta para aumentar a massa muscular deve também ter um acréscimo de hidratos de carbono, especialmente antes dos treinos, de modo que o organismo utilize a energia desses alimentos em vez dos músculos.

Há ainda suplementos proteicos no mercado, devendo no entanto ter bastante cuidado nas suas escolhas, pois as fontes de proteínas podem ser de melhor ou pior qualidade.

Além disso, uma dieta rica em proteínas, mas sem o devido acompanhamento dos outros nutrientes essenciais, pode ter efeitos bem negativos.

Compartilhar Artigo

Dieta para ganhar massa muscular