Pilates na PhysioPlate

“Uma perda calórica surpreendente, aumento da circulação sanguínea e contração constante de todos os músculos do corpo”. Estes são alguns dos benefícios apontados pela fisioterapeuta Thaissa Monielle, do Centro de Medicina Estética Aura, sobre a prática do Pilates na PhysioPlate – uma plataforma vibratória –, uma nova modalidade de exercícios físicos. “Os resultados apresentados são rápidos e duradouros”, completa.

Pilates na PhysioPlateDe acordo com ela, perde-se em média, entre 700 a 900 kcal em uma sessão de Pilates na Plataforma, quase o dobro do que se perde em uma sessão convencional da modalidade. “A diferença entre realizar os movimentos sobre a plataforma ou no chão, é que na plataforma, todo o seu corpo vibra, contraindo todos os músculos, e não só os que são focados pelo exercício”, avalia.

Janete Amaral, 41 anos, representante comercial, trocou as caminhadas na rua pelo Pilates na Physioplate. “Subi na plataforma e o primeiro exercício era para as pernas. Fiquei impressionada quando senti todos os músculos do meu corpo vibrando. Quando contraí as pernas, a vibração se concentrou apenas na musculatura daquela região. Saí da aula com as pernas todas enrijecidas”, relembra. Janete está em sua quarta aula e sente a diferença: “a disposição física no dia seguinte é incrível”, comenta.

Desenvolvidos a partir das bases de movimentos do atleta alemão Joseph Hubertus Pilates, criador da modalidade, os exercícios feitos sobre a plataforma vibratória dão ênfase aos princípios básicos do Pilates como concentração, respiração ritmada, precisão e controle corporal, e causam pouca hipertrofia muscular. Os movimentos, repetidos poucas vezes e de maneira lenta, evitam o estresse e o desgaste físico, além de contribuir para o aumento da flexibilidade, melhoria da coordenação motora e consciência corporal.

Continuar a Ler...