Tontura na gravidez

Durante a gravidez, devido às alterações naturais no funcionamento do organismo da futura mamã, ocorrem algumas manifestações que nem sempre ocorrem não fora de gravidez.

Tontura na gravidez é uma das manifestações mais comuns durante a gestação, sendo um sintoma bastante normal, e que não deve levar a grandes preocupações.

De seguida poderá conhecer as várias causas para o aparecimento de tonturas durante a gravidez, bem como o que deve fazer em caso de ter tonturas.

Tonturas durante a gravidez

Tópicos

Continuar a Ler...

Este é um daqueles sintomas de gravidez que podem acompanhar a gestante em todas as fases, e não apenas numa específica.

Dessa forma, a gestante pode sofrer de tonturas desde o início até ao fim da gravidez. Contudo, as causas diferem de trimestre para trimestre.

Por exemplo, no primeiro e segundo trimestre, as tonturas são geralmente provocadas pelo abaixamento da pressão arterial, enquanto que na última fase da gestação estão associadas à pressão que o útero imprime sobre os vasos sanguíneos que o rodeiam.

Tontura na gravidez

Causas da tontura na gravidez

Em cima, mencionamos duas das causas mais comuns de tonturas na gravidez. Contudo, há mais situações que podem levar à ocorrência de tonturas durante a gestação.

De seguida poderá conhecer uma lista de possíveis causas da tontura na gravidez.

– Hipoglicemia (falta de açúcar no sangue);
– Abaixamento da pressão arterial (geralmente devido às alterações hormonais);
– Pressão do útero sobre os vasos sanguíneos que o rodeiam (3º trimestre);
– Permanência prolongada em pé;
– Elevação do fluxo sanguíneo.

O que fazer em caso de tontura

As tonturas na gravidez são frequentes e normalmente não têm consequências para mãe ou bebé. Contudo, em caso de queda, podem ocorrer danos.

Assim, é importante que saiba como prevenir e aliviar as tonturas, de forma a precaver qualquer queda. Nestes cuidados incluem-se:

– Comer de três em três horas, e sempre que começar a sentir forme, de forma a não entrar em hipoglicemia;
– Beber no mínimo dois litros de água por dia;
– Ter o cuidado de levantar-se da cama com calma e de forma lenta;
– Quando estiver deitada, colocar uma almofada alta debaixo das pernas, de maneira a que estas fiquem mais elevadas que a cabeça;
– Fazer alguns exercícios leves durante o dia;
– Se estiver no primeiro e no segundo trimestre, se começar a sentir-se tonta, coloque a cabeça no meio das pernas até a tontura passar.

Compartilhar Artigo

Tontura na gravidez